Kit@mar

Início / Outros Mares / Professores a Bordo

Professores a Bordo

A Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental (EMEPC) desenvolveu em 2009 o projeto “Professores a Bordo”, proporcionando aos professores do ensino secundário o contato direto com as Ciências do Mar através da sua participação em campanhas oceanográficas da EMEPC.

Os principais objetivos deste projeto são:
  • Promover a integração ativa e participante de professores em campanhas oceanográficas, permitindo trabalhar lado-a-lado com cientistas de diferentes especialidades na área das Ciências do Mar, acompanhar a utilização de técnicas e métodos de investigação científica no mar; adquirir, em contextos reais, diferentes conhecimentos científicos, técnicas de amostragem e métodos de estudo específico, e desenvolver novas competências científicas que poderão utilizar, através de práticas pedagógicas, em contexto escolar.
  • Facultar aos professores novos dados e informação científica que lhes possa servir como fonte didática para o enriquecimento do material curricular, e permitir-lhes desenvolvimento profissional na área das Ciências do Mar.
  • Promover a disseminação, entre os demais professores, do conhecimento adquirido a bordo.
  • Assegurar aos alunos dados e informação científica passíveis de serem trabalhados em diferentes áreas disciplinares.

Critérios de Seleção
Para a candidatura ao “Professores a Bordo” são considerados requisitos mínimos:
     • Ser professor de biologia/geologia do ensino básico e secundário público ou privado;
     • Estar presentemente empregado
     • Estar familiarizado com a utilização das TIC;
     • Aptidão física e mental que suporte trabalho intenso e contínuo por turnos que requerem trabalho noturno;
     • Disponibilidade para se ausentar do seu local de trabalho por um período mínimo de 15 dias.

Documentos Necessários para o Envio de Candidatura
- CV resumido e atualizado;
- Carta de motivação (máximo 600 palavras);
- Documento com o percurso profissional educativo/outros (máximo 500 palavras);
- Cópia do BI ou cartão do cidadão.

Obrigações dos Professores Selecionados
Uma vez integrado no “Professores a Bordo”, o professor compromete-se a:
1. Atualizar um blog ou diário de bordo com informação interessante e relevante para a comunidade escolar durante a sua estadia na campanha;
2. Elaborar, durante a campanha, pelo menos um guião de atividades para professores resultante das atividades científicas desenvolvidas a bordo;
3. Elaborar, durante a campanha, atividades de aprendizagens direcionadas para os alunos de ciências;
4. Conduzir uma apresentação pública da experiencia na campanha em conferências nacionais ou internacionais sobre ciências de educação, e apresentar uma síntese de todo o projeto a colegas do seu estabelecimento de ensino e a outros professores, a nível regional e nacional.

Acompanhamento do Professor pela EMEPC
A preparação do trabalho a bordo feito pelo professor e da sua integração nas equipas de trabalho será efetuada na EMEPC com o coordenador do programa.

Acompanhamento a Bordo
O professor participante será acompanhado pelo coordenador do “Professores a Bordo” para assegurar a sua integração e desenvolvimento dos trabalhos a bordo. Os trabalhos científicos serão supervisionados pelas equipas de investigação que irão assegurar o acompanhamento do procedimento de amostragem, o tratamento e armazenamento de amostras, e esclarecer quaisquer outras dúvidas.
Caberá ao professor e ao coordenador do projeto a elaboração de um plano de trabalho prático a ser realizado na escola ou em parceria com uma instituição científica. A parte experimental/laboratorial a efetuar pelos alunos poderá, eventualmente, ser realizada em laboratórios de universidades que tenham protocolos com a EMEPC.

Poster sobre o projeto

Conferência da European Marine Science Educators Association, Plymouth (Setembro 2013)

Professores a Bordo 2010
A EMEPC acolheu professores na campanha EMEPC/M@rBis/Selvagens 2010. A campanha oceanográfica decorreu nas Ilhas Selvagens durante o mês de junho e teve como principal objetivo a inventariação da fauna, flora e habitats marinhos desde os 70m de altitude até aos 2000m de profundidade. A campanha foi levada a cabo por equipas operacionais de investigação, que atuaram em terra para delimitação da linha de costa e levantamento de espécies e habitats, e por equipas de mergulhadores, com a ajuda do veículo submarino ROV Luso.
Na campanha participaram cerca de 70 investigadores e estudantes de Universidades, Laboratórios Associados e Instituições nacionais e internacionais, que trabalharam na colheita e catalogação das amostras, na identificação dos organismos e no processamento da informação, sendo os dados coligidos carregados em tempo real no sistema M@rBis. A equipa multidisciplinar esteve embarcada em dois navios da Marinha Portuguesa, o NRP Almirante Gago Coutinho e o NTM Creoula.
Veja o blog dos professores participantes:
http://profbia-abordo.blogspot.pt/

Professores a Bordo 2011
Em 2011 a EMEPC (então integrada na Estrutura de Missão para os Assuntos do Mar) acolheu professores na campanha EMAM/PEPC_M@rBis/2011. A campanha oceanográfica decorreu nas Ilhas Desertas, Porto Santo e Formigas, durante os meses de junho e julho e teve como principal objetivo a inventariação da fauna, flora e habitats marinhos desde os 70m de altitude até aos 300m de profundidade.
A campanha contou com a participação de uma equipa de investigadores marinhos, mergulhadores e especialistas na identificação da flora e fauna marinhas, que amostrou e identificou os valores da biodiversidade existentes nas ilhas estudadas. Os dados recolhidos foram carregados em tempo real no sistema M@rBis permitindo, desta forma, obter a cartografia da biodiversidade marinha presente nestas áreas alvo. A equipa multidisciplinar esteve embarcada NTM Creoula.
Veja os blogs dos professores participantes:
http://profmargarida-abordo.blogspot.pt/
http://profcristina-abordo.blogspot.pt/

voltar